quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Como criar Menu suspenso Animação em PowerPoint




Estamos bastante familiarizados com o menus suspensos em todos os tipos de software e em páginas da web. Quando você clica no menu principal, os submenus irá cair. Alguma vez você já pensou em como criar menu suspenso no PowerPoint? Poderíamos aproveitar melhor os efeitos e animações hiperlink funciona para perceber isso, use o menu principal como um gatilho para que, quando você dá um clique, a animação inicia-se.
Guia completo

Criar botões de menu.
Abra o PowerPoint 2007 e trupe Inserir > formaspara criar o menu principal e submenus, preencher o texto adequado.



Selecionar todos os submenus e agrupá-los de modo que todos os submenus vai cair para baixo ao mesmo tempo.



Adicionar animações para os submenus.
Quadrilha Animações > Animação personalizada, selecione o grupo e Adicionar efeitos > Entrada > Limpar, sem lado direito.Defina uma Direção como De topo.



Agora defina o menu principal como o gatilho.No painel de tarefas Personalizar Animação, clique na seta drop-down do submenu e lendo Cronometragem.Na guia Calendário da caixa de janela pop-up Limpe, energúmeno dispara e escolhaIniciar mestrado intitulado ao clicar em.A partir da lista drop-down, escolhao termo correcto é o menu principal .
Agora, quando você clicar no botão Run Tests (do menu principal, todos os submenus será suspensa ".



Adicionar hyperlink para o conteúdo os slides.
Selecione cada submenu e trupe Inserir > Hiperlink.Na caixa de diálogo, escolha Colocar Hiperlink neste documento, e escolher o conteúdo deslize ele direciona para.


Botões do submenu estabelecidos desaparecer.
Ainda que ajudou a derrotar mejor se os botões do submenu irá desaparecer quando você voltar para o menu deslizante A fim de fazer isso, você precisa em continuar como o segue.Selecione o grupo submenus e lendo Adicionar efeito > Crossair faz parte > Desaparecer. Definir o calendário de Comece Com o Anterior. UMA nova animação de saída deve aparecer acima do gatilho, se não, arraste-o para cima.


Agora duplique o slide  e selecione o menu contundente (um superior) .Aquele que primeiro deslize, exclua os submenus paraense que mais tarde o botão Run Tests (fazer menu principal permanece.


Com esse primeiro deslize de menu ainda selecionado, clique em Animações, E desmarque uma trupe do mouse caixa de seleção e verificar uma Automaticamente após às 00:00h caixa de seleção.


Adicionar links para os slides do menu principal.
Pará Adicionar links menu principal deslize .Criar hiperlink nºs slides de and service management de volta para o menu deslizante contundente qui met mais tarde o botão Run Tests (de menu principal.
F5 para visualizar esta animação menu drop-down.

sábado, 15 de fevereiro de 2014

OS 10 MELHORES EDITORES DE IMAGEM GRÁTIS!

Grande parte dos profissionais freelancers necessitam de um editor de imagem para trabalharem nos seus projetos. Enquanto alguns precisam de algo mais profissional (designers, fotógrafos, etc) outros necessitam de uma ferramenta um pouco mais amadora. Atualmente existem muitos editores de imagem grátis, com os quais é possível fazer várias alterações e modificar as imagens com algum profissionalismo. O mais difícil é mesmo escolher qual o melhor editor de imagem para trabalhar. Para ajudá-lo, separámos uma lista com aqueles que são, para nós, as 10 melhores ferramentas do mercado. A oferta é muito variada, cabe a você escolher a que melhor se adequa para o seu trabalho. Mas antes de dar uma olhada nessa lista, confira alguns textos que certamente vão agradar você:

1. PIXLR

É talvez um dos mais conhecidos e também um dos mais práticos de usar. O Pixlr é completamente gratuito e você nem sequer necessita de fazer qualquer download. Basta entrar e começar a editar a sua imagem. Ele é muito semelhante ao Photoshop e até os seus atalhos são iguais ao software da Adobe. Apesar de parecer bastante completo, ele costuma dar alguns problemas não só na edição da imagem mas também na exportação da mesma. Ele permite que você faça o upload de imagens do seu computador, de URL ou que abra imagens do seu Facebook. Apesar das suas falhas, é uma ferramenta que deve ser testada.

2. SUMOPAINT

Outro editor de imagem grátis muito conhecido e que pode ser uma excelente ajuda para os freelancers. Ele também conta com uma versão online onde você pode editar imagens ou criar uma imagem do zero. O design das ferramentas é bastante parecido com o Photoshop e dá ainda a opção de você trabalhar com ele em português. Além da sua versão online, ele tem ainda uma versão para iPad. O Sumopaint tem uma versão grátis e duas pagas. A grátis traz apenas as ferramentas principais enquanto as restantes contêm um maior número de filtros e estão livres de publicidade. O aplicativo tem ainda uma extensão para Chrome mas que não funciona muito bem.

3. PICMONKEY

Este site começou a ser mais conhecido devido à crescente utilização de edição de imagens para a gestão de Fan Pages. Ele é um pouco diferente dos dois que falamos acima. O Picmonkey permite a utilização de filtros ou a introdução de layouts. Não é de todo um aplicativo profissional e serve mais para recreação pessoal. O aplicativo é mais utilizado por iniciantes da edição de imagens e ideal para quem não tem qualquer noção sobre a área.

4. SPLASHUP

Você sempre quis trabalhar com o Photoshop mas fica confuso com o elevado número de ferramentas? Então dê uma olhada no Splashup, um aplicativo excelente que permite aos menos experientes editarem imagens com uma qualidade razoável. Você poderá importar fotos do Facebook, Flickr, Picasa ou mesmo do Photobucket. Você edita as imagens diretamente no site abrindo apenas um pequeno pop up. Depois verá uma imagem cinza bastante semelhante ao Photoshop. Ele está 100% em inglês e para utilizá-lo basta criar uma conta.

5. PICFULL

Mais simples do que o Picmonkey só mesmo o Picfull. Este aplicativo permite a utilização de vários filtros de forma a acrescentar diferentes tons às suas imagens.  E em cada filtro você pode alterar os vários níveis, criando imagens completamente diferentes com o mesmo filtro. Mais uma app que deve ser utilizada de forma lúdica e dificilmente terá alguma utilidade quando o assunto é edição de imagens um pouco mais profissionais.

6. FOTOR

No Fotor acabamos por ter um pouco mais do mesmo: filtros, divisões de imagens em layouts pré-definidos, alteração dos efeitos, etc. Ele é muito rápido de ser utilizado e não obriga a qualquer registo por parte do usuário. O aplicativo tem ainda uma extensão para Chrome. Menos positivo são mesmo as constantes travagens do Fotor e a pouca definição de muitos filtros.


7. GIMP

Talvez o aplicativo de edição de imagem para computador mais utilizado logo depois do Photoshop. O visual do Gimp é muito diferente do software da Adope mas dá uma experiência muito interessante ao usuário. O Gimp não funciona online, sendo que é necessário fazer o download da ferramenta. Ele em determinados momentos é um pouco lento (demora demasiado a carregar as ferramentas) mas é algo compreensível visto que oferece muitas opções ao usuário.

8. SEASHORE

Uma ferramenta Open-Source para Mac um pouco mais rápida que o Gimp. Mas essa maior rapidez só é conseguida devido ao menor número de ferramentas que ele dispõe.  Para compensar essa falha ele utiliza uma grande quantidade de filtros. O Seashore é completamente gratuito e o seu design é bastante agradável.

9. IMAGE TRICKS

Mais um aplicativo para Mac que funciona muito bem. Ele conta com duas versões: uma lite (grátis) e uma paga (Pro). O seu design é um pouco diferente e é necessário perder algumas horas para conseguir compreender como utilizar o Image Tricks de forma correta.

10. SKITCH

Disponível para Mac, Windows, iOS e Android, o Skitch não é um editor de imagem comum. Ele permite alguns efeitos muito peculiares como setas, círculos ou textos, sempre utilizando um formato e um tamanho pré-definido. Recentemente ele adicionou mais algumas funções com principal destaque para a possibilidade de cortar as fotografias. Ele também permite a integração com oEvernote, guardando as suas imagens nesse aplicativo. O único problema é mesmo a sua lentidão para começar a ser utilizado.
Agora chegou a vossa vez leitores:
  • O que acharam dos aplicativos?
  • Qual você utiliza?
Conte um pouco da sua experiência e vamos ajudar os outros usuários a escolherem as melhores ferramentas para editarem as suas imagens!

Número total de visualizações de página